Grupos de Discussão

Pág. Inicial > Curso > Grupos de Discussão


Características

Os grupos de discussão (newsgroups) permitem colocar perguntas a outros internautas, ou analisar respostas já dadas a perguntas que nos podem interessar, antes formuladas por outras pessoas. Cada grupo de discussão está dedicado a apenas um tema e as pessoas que nele participam podem ser consideradas uma comunidade que se entreajuda em relação a problemas com ele relacionados. A noção de comunidade, embora abranja o conceito de harmonia, generosidade e até mesmo fraternidade, também envolve o de conflitos, quezílias e interesses, mais ou menos dissimulados.

Vantagens e Limitações

O período de tempo que medeia entre o envio de uma mensagem com a nossa pergunta e a redacção de uma ***eventual*** resposta (porque ninguém é obrigado a responder-nos) pode ser significativo: horas ou dias.

Até mesmo a visualização dentro do grupo de discussão da mensagem que enviámos pode demorar algumas horas, se toda a infra-estrutura informática estiver a funcionar razoavelmente. Alguns iniciados tendem a reenviar a mesma mensagem várias vezes, dado crerem que ela não chegou ainda ao seu destino. Essa atitude é por vezes muito mal aceite pelas pessoas mais habituadas a este tipo de instrumento. 

Trata-se, portanto, de um meio mediato, mais do que imediato, de pesquisa de informação, cujos resultados qualitativos não estão assegurados à partida.

Importa sublinhar que nada nos garante que a pessoa que nos responde é de facto perita na matéria. Todos os participantes num grupo de discussão são livres de responder a qualquer mensagem, sem que para isso sejam obrigados a ter as habilitações adequadas, e todos os internautas são livres de participar em todos os grupos de discussão que muito bem entenderem. Por esse motivo, os grupos de discussão são mais úteis para utilizadores avançados, que sabem avaliar a qualidade dos seus interlocutores com base nas respostas que recebem. O risco de informação deturpada ou errada é significativo e importa mantê-lo bem presente no nosso espírito.

No entanto, cumpre reconhecer que raros são os neófitos que se aventuram a fazer mais do que presenciar as discussões entre os participantes e importa esclarecer que, caso revelem alguma lacuna de conhecimento significativa, é provável que outros participantes os fustiguem sem qualquer comiseração. Os grupos de discussão são também um meio para encontrar verdadeiros peritos e entusiastas por uma dada matéria, que podem ser os únicos "instrumentos" capazes de responder às nossas questões.

Os ficheiros anexos às mensagens dos grupos de discussão constituem hoje em dia um meio privilegiado de disseminação de vírus na Internet. Recomenda-se, portanto, vivamente, a utilização neste contexto de um programa antivírus devidamente actualizado. Este é mais um dos motivos pelos quais consideramos que os grupos de discussão devem ser inicialmente evitados pelos iniciados.

Técnica de Utilização

Para utilizar os grupos de discussão, é necessário configurar primeiro o nosso programa de leitura (e redacção) de mensagens dos grupos de discussão (news reader).

O Internet Explorer, o navegador da Internet agora distribuído junto com os sistemas operativos Windows, dispõe de um tal programa, o Outlook Express, que é também utilizado para enviar e receber mensagens de correio electrónico. Numa empresa, este programa encontra-se já habitualmente configurado, ou seja, preparado para ser utilizado. Em nossa casa, porém, teremos de ser nós próprios a configurá-lo. Para isso, é essencial conhecer-se o nome do servidor de news (news server). Esse nome consta normalmente da documentação em papel que nos é enviada pelo nosso fornecedor de serviços Internet (Internet Services Provider _ ISP) no momento em que também nos envia, por correio normal, o nosso nome de utilizador (user name), a nossa senha (password) e o nosso endereço de correio electrónico. Ex. de nome de um tal servidor: news.skynet.be. Tais fornecedores de serviços publicam também, frequentemente, nas páginas dos respectivos sítios, instruções pormenorizadas sobre como configurar os programas necessários para aproveitar a Internet.

Configuração e Utilização Prática dos Grupos de Discussão (Para Iniciados)

Bom Para aprender a configurar o Outlook Express para os grupos de discussão, consulte esta ligação, que lhe apresenta, passo a passo e de forma gráfica, todas as etapas que deverá percorrer. Ainda nesta página, encontrará imagens que ensinam como subscrever um dado grupo de discussão e como utilizar o Outlook Express para ler mensagens já publicadas em tal grupo. É difícil imaginar uma descrição mais sintética e clara de todos estes processos. Como, mesmo assim, podem ainda restar dúvidas, juntamos uma segunda ligação, de que não gostamos tanto, que aborda a mesma matéria, também sobretudo de forma gráfica.

Depois de se ter acesso aos grupos de discussão, é necessário encontrar e seleccionar os que nos interessam. O repertório mais conhecido destes grupos é o Google Groups (que constitui uma reformulação total do Déjà, recentemente adquirido pelo Google), que dispõe de material introdutório destinado aos iniciados.

Outlook Express for Windows 95/98: série de páginas que aborda a subscrição de um grupo de discussão, a pesquisa de grupos de discussão, a leitura de mensagens já publicadas, o envio de mensagens e o envio e a recepção de ficheiros binários (cujo conteúdo não é textual, como programas) no âmbito dos grupos de discussão (clicar sempre na ligação Next de cada página para seguir esta ordem).

Os mais arrojados poderão estar interessados em obter ainda mais informação (muita mais). É a eles que se destina a página Lost In Usenet.
 

Em seguida, há que participar nos grupos de discussão. Na prática, a pesquisa de informação já publicada em mensagens dos grupos de discussão pode envolver 2 abordagens alternativas:

  • Procurar grupos de discussão relativos ao tema que nos interessa (por exemplo, através do Google Groups, e, uma vez dentro de tais grupos de discussão (utilizando, por exemplo, o Outlook Express), procurar mensagens com o teor desejado;

Os internautas habituados à consulta do Déjà, e até mesmo os que o desconhecem ainda, poderão considerar útil a página constante do Google Groups qual a nova sintaxe necessária para se obter o tipo de informações antigamente pesquisadas no Déjà. Esta página pode, de facto, ser considerada como uma síntese muito rica de dicas sobre pesquisa.

  • Utilizar um "motor de pesquisa" de mensagens de grupos de discussão, que interroga directamente a base de mensagens que repertoria e nos apresenta uma página de respostas a tal interrogação, o mais conhecido dos quais era o Deja, que foi recentemente adquirido pelo Google e se denomina agora Google Groups. Nessa página de respostas, cada ligação corresponde a uma mensagem que satisfaz as nossas condições de interrogação. Alguns motores de pesquisa clássicos permitem igualmente fazer interrogações relativas apenas ao conteúdo dos grupos de discussão.

EXERCÍCIOS PRÁTICOS

Exercício 11: Uma revista financeira recomenda fortemente o dollar cost averaging. O que dizem os grupos de discussão sobre este método?

Índice   Seguinte

 

Última Actualização: 06.05.2001
© 2000-2002, João Luís Rosas, Roger Hourmant. Reservados todos os direitos.